Saberia viver sem ti?

Quando a noite vem de mansinho e se instala, reinando a paz e o silêncio do luar, dou por mim a pensar se teria a coragem de enfrentar todos os obstáculos da vida convivendo com a ideia de não te ter a meu lado… amedrontado, recolho as lágrimas e tremo com a possibilidade. É assustador… Continuar lendo Saberia viver sem ti?

Ser Mulher…

Sou feita de matéria-prima. Os meus sonhos e ambições voam com asas de ouro. O meu olhar é a transparência da minha Alma. O meu sorriso é um enigma antigo, raro. A simetria que me compõe é delicada como uma nota musical. Sou garra e paixão! Força da Natureza imperfeita, mas constante, inteira. Sou minha.… Continuar lendo Ser Mulher…

Vem…

Dá-me a tua mão.. Quero partilhar-me contigo.. Oferecer-te o que de melhor há em mim. Sonhar a teu lado, os meus e os teus sonhos, numa partilha fiel e aventureira. Segredar-te ao ouvido os meus medos, as minhas inseguranças, oferecer-te a minha fragilidade. Perder-me em ti, no teu olhar sorridente e infinito. Quero dar-te a… Continuar lendo Vem…

Que mais?..

Sonha!..

Acima de tudo sonha. Com tudo o que tens, com toda a energia que te pertence. A maior satisfação que podemos provar é a de vermos os nossos sonhos realizados. E depois? Depois, o desenhar de um sorriso no teu rosto tornar-se-á a coisa mais natural do mundo.

(Re)erguer o Rosto

Ao passar pela vida vamos fazendo feridas. É inevitável. Essa ação complexa que é viver, essa caminhada a que nos propusemos, vai, à sua maneira, deixando marcas cravadas na pele… As cicatrizes emocionais são como símbolos, trazem-nos à memória todas a derrotas e vitórias que nos acompanharam, são o rosto das nossas escolhas, mas também… Continuar lendo (Re)erguer o Rosto

A Urgência de Sentir

Sentir é urgente. E não se trata de te sentires bem, feliz ou com sorte. Não… é sentir apenas. Porque esse nada que é sentir… é tão somente tudo!